Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Clima Bipolar

Oláá!! Brrr, apre! Como tem estado frio ultimamente, os ossos até doem de estarem tão gelados, as camas de manhã são os sítios mais confortáveis do mundo e as pessoas andam nas ruas todas enchouriçadas de roupas, só não sei se são farinheiras ou alheiras.

A razão para o título deste post é muito simples, só circula nas notícias que Portugal está a sofrer de um clima polar, se esse fosse só o problema estamos todos descansadinhos! Os noticiários andam descontrolados, parecem uma telenovela, existem sempre diversos temas centrais, a PT foi para o bolso da Altice, o Sócrates está em maus lençóis (peço desculpa aos lençóis da prisão de Évora) e já para não falar da favorita, o caso BES, que agora se parece uma pizza, cada uma está a tirar a sua fatia.

O verdadeiro clima em Portugal não é polar, é Bipolar! Cada dia com a sua personalidade, não conseguimos prever qual vai sar o caso que irá ter uma nova descoberta, quanto ao frio estamos decididos, é só vestir mais roupa por cima, mas nas notícias, quando esperamos ver como será o negócio da PT, atiram-nos com Sócrates, quando nos sentamos ao sofá e aconchegamo-nos para vermos o Novo Banco ser levado por chineses, Pimbas, levamos com mais uma de Sócrates! Raios partam ao Sócrates!!!

Agasalha-te bem, uma constipação bipolar é capaz de ser chata, eu nunca tive uma e felizmente já tenho 3 camisolas vestidas mais um casaco que me ajudam a proteger-me disso tudo, agora se não se importam vou ver o que está a dar na RTP, aposto que o Sócrates está a tramar alguma... Bolas! Está a dar o Croquete a falar o BES (o croquete é um salgado, eh eh).

Fig1. Sócrates Brincalhão

 

 

Zeinal Parva

Oláá!! Estava com saudades de escrever sobre um tema da atualidade e fazer todo um post baseado em argumento super sofísticados e de extremo humorísmo. Desculpem se exagerei um bocado nas minhas capacidades de escrita, eu esforço-me. Ora aqui vai!!

Zeinal Bava, como tudo o que eu pensava deste personagem de certa forma se desmuronou, foi apenas fazer um curta introdução à minha maneira deste: Foi diretor da PT, foi para o Brasil, cansou da expressão Oi e quando voltou a Portugal deixou saudações e apenas disse adeus. Como um comandante de água doce que abandona o seu navio e deixa os seus passageiros à deriva.

Este é um típico homem de negócios, eu entendo que no que toca a profissões, não existe coração, apenas dinheiro, principalmente quando se é dono de empresas. Até aí sei que Bava está a ser "profissional" e, quando um, tem o direito a demitir-se do seu cargo seja qual for o motivo. Mas... sai pela porta e fica por aí. Esta pessoa, sendo já monetáriamente "muita forte", demite-se e ainda leva com ele 5,4 milhões de euros!! Como é possível aqueles que têm já muito dinheiro ainda receberem mais!!

Todos os trabalhadores da PT deviam ter o direito de se demitirem e levarem a mesma quantia de Dinheiro, pois esses não tiveram culpa nenhuma pelas más medidas tomadas pelos accionistas e diretores da empresa, não devemos aceitar que pessoas poderosas tenham margem para cometerem erros e mesmo assim não sofrer as consequências. A que nível de desumanidade é que vamos chegar? Era deitar laxante em tudo o que este indíduo viesse a comer para toda a gente ver a verdadeira literal porcaria que este fez. e limpar-se com papel higiénico de 5,4 milhões.

Ainda estou para ver como termina esta novela, sei que os colaboradores da PT é que irão sofrer as consequências e que os verdadeiros culpados continuarão com verde nos bolsos, mas mesmo assim, estou para ver como isto acaba. 

BAva.png

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D