Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Feliz Greve!!

*Atenção, este Post contém ironia

Olá!! Está frio não está, ih ih, se está!! Felizmente hoje é dia de greve, como é tão fixe ter todo o calor humano que a carris oferece, é sempre de louvar esta preocupação para com as pessoas, vamos todos gritar "Transportes públicos! Transportes públicos! Transportes públicos! Pêlos púbicos!" Hey então!! Quem é que gritou essa ultima parte pá?! Não se pode ter aqui cantorias que abusam logo.

Sou um grande fã de greves (como já devem ter visto no blog), mal acordei e olhei para a janela, com um céu nublado, sabia que hoje ia ser um óptimo dia! Enquanto viajava no barco, passando no Rio Tejo para Lisboa, um pensamento consumia-me "Mal posso esperar para ver o metro fechado e ser abraçado na alta temperatura humano que só o autocarro consegue dar", não fiquei desiludido.

Mal meti o pé em terra Alfacinha e vi as grandes filas rabugentas e impacientes, sabia que seria uma bela manhã, senti-me como uma criança na fila de espera do carrossel, só que neste caso, o carrossel cheira a suor e está cheio de ligeiríssimo aborrecimento, não entendo porquê, as pessoas parece que preferem quando não há greve, devem ter algum tipo de demência.

Adorei simplesmente quando cheguei e não soube onde a fila acabava, senti-me um verdadeiro sherlock holmes, uma fila que fazia um zig, depois um zag, seguido de um zig e terminava em Barcarena. Minto, acabava com outro zag... Parecia o Sócrates a fazer desvios (badum tsss). Lá no meio haviam pessoas que tentavam passar à frente, vejam lá como também elas estavam ansiosas, mas as suas tentativas fracassavam e tinham de voltar para o fim da fila, pobres coitados 

Já dentro do autocarro (sentado!) tive uma viagem espectacular, provavelmente a melhor que alguma vez tive, rabos contraídos acariciavam o meu ombro, que por si estava encolhido, mas ninguém escapa ao roça-roça da carris. Existia uma velhota, ai a velhota... Teve a viagem toda a perguntar a um senhor se saía no Saldanha, mas este ou estava a dormir ou sob o efeito alucinogéno e não respondia, o azar é que ela era mesmo persistente e até lá chegar não parou de repetir a mesma coisa, parecia um papagaio loiro.

Isto foi a minha bela manhã, obrigado mais uma vez Metro, sem as tuas greves não poderia viver estes momentos, espero por mais seus malandros!! Feliz greve para todos!!

fig1. Le Metro 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D