Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Braços Pendurales

Olááá!! É bom estar de volta, preparados para mais toda uma junção de letras que se tomam por palavras que levam a frases e terminam em Post? Claro que estão, senão não estariam aqui!!! Ou então entraram neste Blog por engano... Continuando!

Não pude deixar escapar uma situação que me ocorreu à uns dias no metropolitano de Lisboa, não dentro do metro propriamente, mas sim na estação em si, situação essa que se trata dos "Braços Pendulares"!!

Sei que podem estar um bocado confusos e que corram pensamentos nas vossas cabeças como: "Epá que palhaço", "Não diz nada de jeito este", "Tenho fome, vou comer uma torta de Azeitão" ou "Do que estará ele a falar?", passo a explicar, os seres humanos "abençoados" com esta "virtude" têm a capacidade de tornar os seus braços totalmente anestesiados, como se não tivessem qualquer osso para controlar os seus movimentos desde dos bíceps até às falanges. É sem duvida uma habilidade tremenda, não, é estúpida.

É preciso ter muito cuidado com estas pessoas, pois podem ferir alguém, mesmo que não seja com intenção de tal, mas aleijam na mesma. Uma medida de prevenção a estes braços pendulares que deve de ser tomada é a colocação de um pionés num local estratégico na nossa roupa, assim, sempre que estes diabretes no toquem, vão sentir um desconforto, assim a anestesia desaparece! É genial! Muahahahha!!! Desculpem, a minha mente maléfica veio ao de cima.

Quero ainda destacar que é preciso uma maior cuidado com estas pessoas em dias de chuva, pois estas vão armadas com os seus guarda-chuvas, ou guardas-chuva, ou guardas-chuvas ou Artefactos constituídos por uma armação articulada que se pode abrir e fecharcoberta de tecido ou material afimusado para resguardar da chuva, e são capazes de tirar a vista a alguém! Atenção a isso! A forma correta é "guarda-chuvas".

 

Considerem-se avisados. 

Um limão, mil limões, um milhão de limões. Aposto que leram mal a primeira vez.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D