Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Peixarada de Palavras

Acolááá!!! Ups, enganei-me, chica penico!!! Ai, mas quem é a chica? Sinceramente não conheço, peço desculpa se a leitora denomina-se Francisca, ou então sei lá, Conchica, quem sabe, nomes não se discutem!!! Conchica, se estás a ler isto, este post é dedicado a ti, estou a brincar, não é. Desculpa Conchica.

AAAAAAH!!! Eu sei que estão confusos, "então mas ele está a gritar, possas que susto", nada temam, apenas libertei um pouco de energia negativa, depois de ter visto as 10 palavras escolhidas para a votação da Palavra do Ano 2014!!! (Não sei se já repararam mas eu até agora só usei pontos de exclamação triplicados), (agora que acabas-te de verificar isso, posso voltar ao tema).

As palavras foram escolhidas através do impacto, as vezes que foram usadas, e acho que as redes sociais também foram um dos critérios de seleção, porque hoje em dia o pessoal quer é redes sociais, e tal... Palavras essas que foram: banco, basqueiro, cibervadiagem, corrupção, ébola, gamificação, jihadismo, legionela, selfie e xurdir. Tenho de admitir que nenhuma destas palavras me agradou, principalmente porque quase metade delas só se começaram a falar no fim deste ano. Pobres daquelas que estiveram na moda em Janeiro, ninguém lhes dá atenção.

Creio que Basqueiro e Xurdir são as palavras mais originais, apesar de provavelmente não ganharem, pois são palavras novas para mim, constam no dicionário da língua portuguesa e não foram um tema central de um noticiário durante 2 semanas.

Um dos grandes pontos negativos desta "competição" é sem dúvida a palavra Selfie, não gosto da ideia de uma palavra estrangeira vencer nesta votação, só demonstra como o nosso país está tão mau que nem numa competição nacional consegue vencer, é como ficar em segundo numa corrida e correr sozinho. E estou mesmo preocupado com isso porque provavelmente, o auto-retrato traduzido de forma pimba em inglês, é uma das palavras favoritas a vencer!!! (usei 3 pontos de exclamação outra vez).

Pondo isto, não bebam bebidas muito quentes pois assim queimam o céu da boca, devagar se vai ao longe e grão a grão se deixa um gajo com comichão. Estava a brincar. Deviamos todos dar as mãos e xurdir, porque esta votação está uma grande basqueirada. 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D