Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

O Rato Ucraniano

Olááá!! Preparados para mais uma introdução totalmente sem nexo e enquadramento com o tema do texto? Realmente nisto apresento grandes qualidades, não me tomem por convencido, aliás, não há orgulho nenhum em lançar temas para o ar à espera que chovam (aqui está uma demonstração do criativo verbo "chuver"). Bem agora fiquei algo triste, consegui ter a habilidade de reprimir a minha própria habilidade, apresentei aqui sem dúvida um momento de dupla personalidade, como se fosse uma espécie de Fernando Pessoa mas um bocado mais fraquinho...

Agora por este momento, irei refletir sobre um tema da atualidade, em vez de algo bacôco e aleatório, irei falar sobre a situação atual entre a Rússia e a Ucrânia (atenção, o escritor é conhecido pela sua escrita palerma, não esperem muito do que vem aí...)

Durante o tempo da União Soviética, países como a Russia e a Ucrânia estavam todos unidos, mas durante 1991, esta "União" veio a dissolver-se dando assim a independência de vários países (sendo um deles a Ucrânia). Ora com o passar dos anos, a Ucrânia veio a ser governada por "amigos russos", estando assim virados de costas para a velha Europa, e criam assim as suas estratégias de Desenvolvimento.

Mas com a entrada deste novo Governo ucraniano, que está mais voltado para Oeste, veio a chatear um bocado os negócios dos Russos, que fizeram assim uma espécie de birra e agarraram-se logo à região da Crimeia (um ponto estratégico para os negócios russos, aliás, se não houvesse dinheiro envolvido, seria somente estúpido).
Mas aqui é que entra a parte gira, perante a indignação Europeia, que prepara sanções para os soviéticos, a Russia apresenta uma razão infalível pela sua invasão, razão esta que se trata do seguinte: "O rato roeu a rolha da garrafa do rei da Russia". Aqui está, desta é que o Euro não estava à espera, foi uma espécie "toma lá morangos" da ofensiva Russa, pois ao que tudo indica, o rato era de origem ucraniana, e a Crimeia tem capacidade para ser uma rolha, basta investir na cortiça portuguesa, os russos se teimarem nesta sua teoria nós portugueses tiramos bom proveito disso!! Ninguém gosta quando se faz uma anexação da sua rolha não é?
Sei que neste momento o leitor encontra-se desiludido pois pensava que poderia tirar algum proveito deste post, mas o escritor bem avisou. Amendoins.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D