Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Feliz 2014

Oláá!! Então mas o que vem a ser isto?! Ainda à bocado veio o 2014 e agora já vem o 2015?! Mas o que vem a ser isto?! Uma pessoa já não pode estar distraída que fazem logo esta brincadeira de mau gosto!! Já não se pode viver em paz e sossego?! Ainda por cima vai ser tudo a mesma coisa novamente, festa, fogo de artifício, espumantes, passas, euforia, por amor de de Deus, são 19 anos da minha vida a ter de já vús!! 

Hey! Na minha opinião isto é muito bom, por mim festejava-se todos os meses, aliás, podíamos festejar isto em Julho, assim aproveitávamos os calor e não celebrávamos tanto em cima do natal, porque o orçamento já está algo enfraquecido com todas as prendas, a não ser que sejam forretas, mas também se não gastam dinheiro em prendas, não vão gastar em festas.

Vou explicar o porquê deste meu tom de escrita, todos os anos é sempre o mesmo, atiram-nos com previsões cheias de brilhantes e purpurinas, onde vamos sair de crises, mariquices e varizes, as pessoas fazem promessas de uma atitude melhor e mais saudável, mas não passam de premissas de uma dezena de "bejecas", três Mojitos e um Mon Cherri em cima. Ainda estou para ver um dia alguém ficar bêbado de bom-bons com licor, deve ser espectacular.

Mas agora a sério, eu não fujo de tudo isso, também acredito sempre num ano melhor, porque não dá para acreditar que as coisas podem correr mal, porém, a realidade leva sempre a melhor, não acredites em 2015, acredita em ti, porque afinal de contas, vai ser só mais uma transição de um dia para o outro como tudo o resto. Não vale a pena fazer promessas e acreditar em algo melhor, pensar em cruzar metas ou escalar montanhas, é preciso somente acreditares em ti.

Todo este ambiente que vives não passa de uma falsidade, vês em todo o lado previsões, 2015's gigantes estampados a dourado em todo o lado, festas pré-planeadas onde dizem que tens de ir, tudo para festejar um novo ano cheio de artifícios, porém tu não vais nem deves festejar a chegada, mas sim a despedida, vamos todos festejar 2014, não é isso que realmente importa?! Celebrar as conquistas todas, tudo o que batalhámos, todo o trabalho! Que se lixe o futuro, não se pode celebrar algo que não existe ou existiu! Não atirem o ano fora, abracem-no! Que se lixe o que os outros dizem, neste caso eu apoio o umbigo!

Tenho de ir, já esgotei o stock de pontos de exclamação e tenho de ir comer uma salada de polvo, mas, se não for pedir muito, pensa um pouco sobre este post.

2014.png

Fig2014. 2014

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D