Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

As Verdes Taradas

Olááá!! Ciências da Natureza, quem se lembra desta disciplina de 2º e 3º ciclo?! Daquelas aulas em que aprendiamos sobre reprodução humana, onde se soltava uma ou outra gargalhada marota, "olha uma vagina ihihihihih", "ain este pénis é tão pequeno eheheheheh" ou "olha, mamas!! ahahahhaaha", são expressões clássicas que predominam em todas as escolas básicas durante estas aulas.

Ora mudando de reprodução, quem se lembra daquela matéria muito gira sobre a reprodução das plantas, onde se soltava uma ou outra gargalhada marota, "olha pólen, ihihihihihih", "reprodução sexuada ehehehhehehe" ou "olha, polinização! ahahahahha", são expressões muito frequentes nas mentes daquelas crianças que aos poucos deixam para trás a sua inocência, que nostalgia me davam estas aulas...

Chegou aquela época do ano em que as árvores lançam para as ruas aquela espécie de algodão peganhoso que cria as famosas alergias nos narizes e olhos mais sensíveis, parece que se trata de uma tempestade de neve e que ninguém consegue escapar, os atchinnns em tempos de Calor tornam-se cada vez mais audíveis no passar da Primavera.

Ora toda a gente sabe que a Prima Vera apresenta atributos corporais espetaculares, e daí as Plantas voltarem a renascer cheias de cor e sedução e começarem aí a libertar pólen (a sua reprodução assexuada) por tudo o que é sítio, trata-se claramente de sexo sem vergonhas e sem proteção por parte de tudo o que faz fotossíntese.

Neste momento começam a perceber mais ou menos onde quero chegar, mas irei aprofundar. Estes seres vivos sem sangue basicamente enchem as ruas com o seu ADN, espérmatozoides imundos embatem nas vossas e minha cara cada vez que vamos à rua, isto deve ser um gozo tremendo  para aqueles que têm folhas, "olha aquele acabou de levar com pólen meu no olho", gozam estes diabretes connosco...

Para solucionar este problema deveriam-se criar campanhas para sensibilizar as plantas, até já imagino como serião: "não seja irresponsável, ejacule-se com moderação" ou então "Se não tens pontaria com o pólen, vai já à multiopticas, agora com o desconto igual à idade", assim deixava-se de andar a invadir o ar com esperma voador em forma de algodão, ou por outras palavras, pólen.

Fica aqui o meu conselho, é melhor passarem a usar óculos de proteção durante a primavera, é que aquilo dá muita comichão, é desagradável.

 

Fig1. Chama-lhe "Pólen"

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D