Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Um Fenómeno de Lama

Olá!! Splash!! Acabei de matar uma mosca mesmo no monitor do meu computador, agora tenho de limpar esta gosma amarela com sangue, enfim, se eu deixa-se a mosca viver não tinha esta chatice por isso já sabes, diz não aos homícidios de insectos!! Eu acabei de fazer a pior publicidade de sempre não foi?... Agora estou  fazer perguntas quando sei que não vou ser respondido, o meu cérebro às vezes gosta de fazer destas coisas.

Então vamos a isto! Lama! Quem não gosta de Lama? Não, não estou a falar daquele animal que parace uma girafa anã e felpuda, estou a falar do líquido espesso e castanho, sim, semelhante ao cocó, ups, eu quis dizer fezes.

Porqe razão estarei eu a falar de lama, porque tenho uma bela história para contar!!

Tudo ito se passou durante um fim-de-semana, eu estava com a minha equipa a caminho de um pavilhão em Rio Maior. Todos nós estavamos dscontrídos e preparados para mais um jogo de basquetebol, mas a meio da viagem a carrinha decidiu parar nua estação d serviço, para reabastecer as barrigas e esvaziar bexigas, até aqui tudo normal, minto, um dos seccionistas estava a beber uma cerveja sem alcool com sabor a limão, isso não é cerveja, é sumol de limão... Continuando!!

Eu estava na brincadeira mais um amigo meu e connosco estava o pai dessa mesma criatura. Estavamos a dar os famosos "troca pés", para o público mais "experiente", são simples rasteiras.

Entretanto chega um momento em que eu decido fingir que lhe vou dar um pontapé (somos dois rapazes, podemos ter brincadeiras destas e sim, somos amigos) mas...

Quando vou aterrar após uma simulação, consegui acertar numa poça de lama (ainda hoje acredito que alguém meteu ali aquela poça, quando ia a cair), o resto é previsivel, ainda nem eu tinha tocado no chão e já estava a ver as pessoas a gozar comigo, a minha mãe a dar-me na cabeça, já tinha o futuro traçado.

Após a queda, estava eu de boxers na casa de banho a tentar lavar as calçasno lavatório e ao meu lado estava o meu grande amigo a auxiliar-me, deitando enormes gargalhadas aos meus ouvidos, é sempre bom ver alguém feliz... Felizmente só quem estava comigo assistiu àquilo, mas mesmo assim fui gozado por outras pessoas. Claro.

Pondo isto tive de ir com os calções de jogo já vestidos, era Inverno, até ao pavilhão.

Felizmente, durante o aquecimento, a mãe dessa criatura a que chamo de amigo entregou-me umas calças de fato de treino comprados com muito carinho. Foi das coisas mais fofas que alguém fez por mim. Ainda as tenho. Já passaram 5 anos.

Aqui têm, um mometo engraçado, no fim de contas, este foi um daqueles ias qe nunca esquecerei, mas mesmo assim odeio poças de Lama.

Uma Questão de Calças

Olááá!!! Como estão? Se responderam eu agradeço o vosso esforço mas lembra-te que isto é um Blog, eu não consigo ouvir a tua resposta... Mas o mais importante é que participas-te e isso torna-te uma boa Pessoa, obrigado, este Post é para ti!!

Ainda à uns dias tive um pensamento daqueles que ocorrem em situações totalmente aleatórias, um pensamento que levanta uma questão muito difícil de ser respondida, quer por nós, quer mesmo por outros!!

Calças, toda a gente sabe o que são calças, peças de roupa sem utilidade nenhuma, existem apenas para existir, porque ninguém gosta de calças, o mundo quer é pernas à mostra. Estou a brincar, não é preciso começarem a queimar as gangas e sair à rua de pernas ao léu... mas deves ter feito isso de qualquer maneira por isso... continuando...

Sim como podem já ter concluído, o meu pensamento derivou para calças, uma questão de calças, acabei de citar o título por isso creio que sou engraçado.

Tudo isto aconteceu após terminar o meu duche matinal e olhar para a minha roupa, ténis e calças manifestaram a minha mente, um existe e o outro tem um verbo, eis a primeira questão:


- Porque Vestimos Calças e Calçamos Ténis? É um paradoxo autêntico que pode provocar moça na nosso cabeça, quem está certo? As calças ou os ténis? é como a questão da galinha e do ovo. quem nasceu primeiro, as calças ou o verbo calçar? Não poderemos calçar calças? Parece um caso de irmãos separados à nascença.


Existem várias formas de calças e vários tipos, tal como nas outras espécies, temos diversas peças para vestirmos as nossas pernas, mas mais uma vez existe um problema por resolver e este advém de português, uma problema de diminutivos e aumentativos:


- Porque é que os Calções, sendo menores que as calças, se chamam chamam Calções? Não deveriam chamar-se Calcinhas? Podem parar de pensar em Zebras? Agora que estão a pensar em Zebras, irei retomar o meu raciocínio. Não existe mais raciocínio que isto. Pensem bem nestas coisas, talvez TU serás o escolhido para resolver este problema...

 

 

Fig1. As Calças

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D