Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Arroz Doce e Canela

Arroz Doce, trata-se de um Blog com o objectivo de ser lido, tal como todos os outros... Mas o que distingue este mero espaço cibernético dos restantes é basicamente o facto do autor ser um bocado, digamos... esquisito... Mas que gosta de vós!!

Perdemos sempre com a Merkle

Olá!! Ora aqui está, a mesma saudação, o mesmo Blogger, a mesma sobremesa, não se fartam disto vocês? Isso é que é uma capacidade de resistência tremenda, venero-vos por isso.

Como não podia faltar, o Arroz Doce e Canela também terá o seu espaço dedicado ao grande acontecimento que parou o mundo. Mentira. O mundo não pára, tenham juízo.

Portugal fez uma campanha (publicitária) enorme com a sua potente Selecção de Futebol, todos os movimentos dos jogadores foram relatados em todos os media, incluindo até os pêlos faciais de Raúl Meireles (uma barba magistral que merece respeito). Criou-se um sentimento mágico num país que precisa de milagres, o país entrou numa enorme alegria, até eu senti esta "boa vibração" dentro de mim, com medo disso fui medir a temperatura do meu corpo. Tinha 37º, quase febre.

Depois de adquirmos um total conhecimento sobre todas as instalações e refeições dos nossos "super heróis ultra lendários mega nacionais", Chegou a hora de ver a grande equipa jogar!! Pois.

Gosto de Futebol, mas creio que dá-se demasiada importância a este desporto neste país, existem outras prioridades.

Não espanto meu quando vejo Portugal com extremas dificuldades em impor o seu futebol contra uma temível Alemanha, creio até que, os portugueses, nunca sentiram a realidade dura que o seu país atravessa como sofreram neste jogo. Esta simples jogata de futebol demonstrou a realidade de Portugal, a Alemanha a mandar e nós a sofrer na pele.

Uns dizem que a culpa foi do Patrício, outros do Ronaldo, vá lá que a culpa não caíu neste Blog, Portugal jogou mal, isto é um jogo de equipa, quem perde é a equipa, não são só uns, daah.

Moral da história, 4-0 já foram, que venham lá os próximos, de preferência com a alegria do samba em vez do habitual triste fado.

Ainda outra Moral da história, qualquer que seja os resultados da nossa Selecção, o fim é sempre o mesmo, Austeridade em Portugal e jogadores continuam podres de ricos

Ainda mais outra Moral da história, isto de fazer várias morais de histórias não são muito produtivas, é melhor ficarem só com uma.

Derradeira Moral da história, Portugal allez.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D